Inteligência emocional nos relacionamentos

Os relacionamentos fazem parte da base da nossa vida. É por meio deles que amadurecemos, colocamos nosso aprendizado interior à prova e constatamos se nosso equilíbrio emocional está em dia. Para ajudar nessa jornada rumo a relacionamentos saudáveis, agora você tem um curso todinho para chamar de seu.

 

A questão da inteligência emocional nos relacionamentos é cada vez mais urgente. Quando nos equilibramos emocionalmente, aprendendo como lidar com as nossas próprias emoções e entendendo como tudo que nos acontece ressoa dentro de nós, conseguimos exteriorizar nossos sentimentos e construir relações mais maduras e harmoniosas. Se você, assim como muitas pessoas, considera o equilíbrio emocional algo difícil de ser atingido, pode ficar tranquila. Você já tem à sua disposição um curso 100% online para lhe ajudar nesse processo.

Equilíbrio emocional é algo a ser conquistado, aprendido e exercitado. Não acontece da noite para o dia e pode exigir muita entrega e disciplina. E, muitas vezes, acabamos desistindo desse processo, acreditando que não somos capazes de identificar e gerenciar nossas emoções de forma inteligente. Pensando nisso, Ana Luize e eu lançamos um curso exatamente para ser seu guia no exercício da inteligência emocional – um passo fundamental rumo a relacionamentos melhores.

Um pouco sobre nós

ANA LUIZE é dentista de formação com habilitação em Terapia Floral dentro da Odontologia e há 11 anos trabalha com terapias vibracionais, atua em várias linhas de florais, bioenergética, cromoterapia, Reiki, hipnose, numerologia, e hoje está prestes a conquistar mais um título, em Neurociência e Comportamento.

CAMILLA COUTO – o meu trabalho você já deve conhecer, sou Orientadora Emocional e Contoterapeuta. Criadora e autora deste blog e fundadora do PAR - Programa Amarildas de Relacionamentos – que apoia mulheres a terem relacionamentos mais saudáveis. Também sou Terapeuta Floral e Consteladora Familiar em formação.

O que você vai encontrar no curso

O curso online Inteligência Emocional nos Relacionamentos foi pensado para que você aprenda a identificar e gerenciar suas emoções, cultive a autocompreensão, aproprie-se de sua autorresponsabilidade, e reconheça e modifique seus padrões de comportamento emocional. Com isso, vai poder quebrar círculos viciosos, reconhecer e modificar seus padrões emocionais e criar estratégias para agir com mais inteligência emocional na sua vida e nos seus relacionamentos.

O conteúdo, bastante rico, servirá como uma ferramenta especial para quem deseja aprimorar seus relacionamentos, sejam amorosos, familiares ou profissionais. Por meio de estudos do eu, meditações, respirações, atividades de escrita, você poderá adquirir mais autoconhecimento para melhorar a sua saúde emocional e poder criar vínculos mais saudáveis e amorosos em sua vida.

Se você está pronta para dar um passo a mais na sua vida emocional e conquistar o equilíbrio nos seus relacionamentos, clique aqui e inscreva-se! Mas, não perca tempo, pois as inscrições vão até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 21/07. Ana Luize e eu estamos esperando você! Lembre-se: viver é um eterno aprendizado, e o mais desafiante deles acontece dentro de cada uma de nós. Aprender a entender e a ressignificar memórias e emoções é uma jornada interior, que requer toda nossa força e empenho. Vamos juntas?

inteligencia emocional relacionamentos.jpg

Não seja refém das suas emoções

Com as emoções funciona assim: ou mandamos nelas, ou elas tomam conta da gente e direcionam nossa vida sem que a gente perceba! Para se manter no comando é preciso ter inteligência emocional, aprendendo a observar nosso próprio comportamento e a decifrar as batidas no nosso coração.

Todas nós temos uma voz interior guiada pelas emoções. Ou a gente entende o que ela diz e dialoga com ela, ou nos tornamos reféns. Saber identificar e, principalmente, gerenciar nossas próprias emoções é um passo muito importante na construção de relações saudáveis e equilibradas. Temos que ter em mente que cada emoção que a gente sente afeta o nosso comportamento e cada emoção que a gente expressa tem uma consequência na nossa vida e nos nossos relacionamentos.

A verdade é que nossas emoções afetam mais os nossos relacionamentos do que podemos imaginar. Quantas vezes você já “descarregou sua raiva” em alguém e depois teve que pedir desculpas? Ou, então, sentiu medo de perder quem ama e, por isso, teve reações descontroladas de apego e ciúme? Pois então, quando não estamos alertas, nos deixamos guiar pelas emoções, querendo ou não que isso aconteça.

O grande problema reside em não entendermos nosso funcionamento emocional. Quando conseguimos identificar e reconhecer nossas emoções negativas, podemos escolher de que forma lidar com elas. Ora é preciso expressá-las de imediato, ora temos que guardá-las para mais tarde. Abafá-las também não é o melhor caminho, pois pode resultar em uma crise mais adiante. É o “modo automático”, o comportamento inconsciente, que faz com que a gente meta os pés pelas mãos.  E nossas relações são bastante afetadas, pois da mesma forma que nos sentimos, muitas vezes, atacadas por nossas emoções, o outro também pode se sentir atacado emocionalmente por nós.

E então, se a pergunta é: qual a saída? A resposta é: autoconhecimento e inteligência emocional! Sim, entender as próprias emoções, de onde elas vêm e como elas afetam nosso comportamento pode evitar um monte de problemas. Nossas emoções nos fazem agir, na maioria das vezes, de forma nada racional, e acabamos nos colocando em encrencas, brigas e discussões se não temos consciência disso.

O que fazer para não ser refém das próprias emoções?

É preciso se observar para entender o que muda seu humor, o que lhe provoca raiva, tristeza, medo, ansiedade, o que deixa você sem chão. E é preciso observar seu próprio comportamento para perceber se as ações estão sendo pautadas no que é real ou se você está agindo de acordo com suas emoções em desequilíbrio. Questione-se: “Aquilo que estou sentindo, é fruto de um acontecimento real?”, “É só medo de perder?”, “É só um desejo de ser a pessoa certa em uma discussão?”. Pense sobre tudo isso com carinho e evite que seus relacionamentos se tornem um verdadeiro inferno.

*** Quer saber mais sobre este assunto? Se você estiver em Florianópolis no dia 16/03/19, clique aqui https://bit.ly/2sJW8bo e inscreva-se para participar do Workshop “Inteligência Emocional nos Relacionamentos” – que será facilitado por Camilla Couto (Orientadora Emocional e Autora do Blog das Amarildas) e Ana Luize (Terapeuta Floral e Coach com visão espiritual).  

ref%C3%A9m+emo%C3%A7%C3%B5es.jpg